DSpace About DSpace Software
 

TEDE  >
Teses e Dissertações >
Odontologia: Coleção Teses e Dissertações. >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/782

Title: Redefinição do diagnóstico periodontal (clínico e microbiológico) de acordo com a nova classificação das doenças periodontais em indivíduos sistemicamente saudáveis
Authors: ABREU, Letícia de Lorenzo
???metadata.dc.advisor???: FIGUEIREDO, Luciene C.
Keywords: Doença periodontal
Diagnóstico
Classificação
Estágio
Grau
Issue Date: 2020
Series/Report no.: 617.6 A162r
Abstract: De acordo com a nova classificação das doenças periodontais proposta, recentemente, pela Academia Americana de Periodontia (AAP) e pela Federação Europeia de Periodontia (EFP), as formas de doenças antes definidas como Periodontite Crônica e Periodontite Agressiva são chamadas agora apenas de Periodontites, caracterizadas como uma única doença. Atualmente, a periodontite deve ser classificada em estágio (I a IV) e grau (A, B e C). O propósito deste estudo retrospectivo foi redefinir o diagnóstico clínico periodontal, de acordo com a nova classificação das doenças periodontais, dos indivíduos sistemicamente saudáveis já atendidos no Centro de Estudos Clínicos da Pós-graduação em Odontologia da Universidade Guarulhos. O objetivo secundário foi avaliar o perfil microbiológico dos indivíduos aderidos à cada novo perfil clínico. Para tal finalidade, à partir do banco de dados dos estudos clínicos realizados entre 2004 até 2019, as informações de 354 indivíduos foram aleatoriamente selecionadas para reclassificação em estágio, grau e perfil microbiológico. A análise estatística foi realizada por meio dos testes Kruskal-Wallis (ANOVA post hoc) e Dunn. Os resultados demonstraram que os dados dos indivíduos inseridos no banco de dados caracterizaram os perfis periodontais de Estágio III (Grau B e Grau C) e Estágio IV (Grau B e Grau C). A principal diferença no perfil microbiológico foram os maiores níveis e percentuais das espécies do complexo vermelho nos indivíduos do Grupo IV. Concluiu-se que as diferenças clínicas categorizados em Estágios III ou IV (graus B ou C) são suportadas por diferenças microbiológicas especialmente relacionadas aos níveis e proporções das espécies bacterianas do complexo vermelho.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/782
???metadata.dc.type.dissertation???: Dissertação
Appears in Collections:Odontologia: Coleção Teses e Dissertações.

Files in This Item:

File Description SizeFormat
LET��CIA DE LORENZO ABREU.pdf670KbAdobe PDFView/Open
Recommend this item

All items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved.

 

Valid XHTML 1.0! DSpace Software Copyright © 2002-2006 MIT and Hewlett-Packard - Feedback